0

4 anos depois .


       Faz 4 anos que já não tenho mais você, parece estranho mas mesmo já tendo passado tanto tempo, eu ainda me pego pensando em você. Muitas coisas aconteceram nesses 4 anos, muitas pessoas entraram e saíram da minha vida, muitas paixões já existiram em meu coração, mas você sempre esteve aqui, cuidando do lugar que sempre foi seu, mesmo sem você saber, mesmo sem você querer eu sempre vou me lembrar de você como o primeiro e único amor verdadeiro que senti, mesmo você não dando tanta importância para os meus sentimentos, eu te amei, e mesmo eu sabendo que eu e você juntos jamais existiria, eu te amei, mesmo eu sabendo que você era apaixonado pela vizinha, eu te amei, mesmo você me tratando como uma irmã, eu te amei.
Ainda me lembro das nossas brincadeiras no quintal, eu brincando de casinha com sua irmã e você sempre tinha que aparecer na brincadeira como o ladrão que iria nos assaltar, é engraçado lembrar, e eu fico tão feliz quando lembro que eu aproveitei meu tempo com você. Lembro que nós brincavamos de polícia e ladrão, vendedores de pirataria, verdade ou desafio, detetive, entre outras brincadeiras que nós inventava na hora, também lembro da raiva que eu tinha de você quando trancava eu e sua irmã no quarto e mandava bilhetes por debaixo da porta para nos provocar, que saudade eu sinto disso tudo.
Mas chegou o dia, o dia em que você foi viajar com seu pai, foi passar um fim de semana na ilha com ele, se eu tivesse o poder de voltar no tempo eu com certeza faria de tudo pra você não entrar naquele carro. O mais impressionante é que no dia em que você foi viajar eu fui na casa do seu primo horas antes, e não sabia que você estava lá (se eu soubesse eu não iria de jeito nenhum, morria de vergonha de você) mas como eu não sabia eu fui, e chegando lá desci as escadas e você estava na porta da sala, parado olhando pra mim, e eu vi algo diferente em seus olhos, eu parei por um momento pra te olhar e paralisei ali, com seu olhar, o brilho dele ficará pra sempre na minha memória, você me olhou por mais ou menos uns 30 segundos e disse "oi" eu respondi praticamente morrendo por dentro outro "oi" , foi o único dia que nos cumprimentamos sem zuar um ao outro, sem brigar, sem estar provocando, foi o único dia em que eu senti que poderia ter uma chance com você, além de amigos... Mas como eu disse, chegou o dia, você entrou no carro e partiu, isso tudo numa sexta-feira, seu primo disse que domingo você estaria de volta, até porque segunda-feira teria aula.
Passou sábado, domingo e chegou segunda, você não veio, terça também não, quarta eu cheguei da escola e tive a notícia que você não viria mais, pois é, aconteceu com você oque poderia ter acontecido com qualquer outra pessoa, mas foi com você, se afogou naquele mar, mar que não levou somente sua vida, seu futuro, levou também o MEU coração, MEU futuro, MEUS planos, MEU amor, MINHA paixão, MINHA vida, VOCÊ, o mar levou você. Até hoje me pergunto, porque isso com você, mas não tenho resposta, afinal Deus sabe o que faz. 
Hoje 4 anos depois, ainda guardo você em meu coração, lugar que sempre foi seu e sempre será, não acho perca de tempo me lembrar de você, pois foi o amor mais puro que já senti, por mais que não correspondido, foi você a primeira pessoa que me ensinou a amar, que deu vida a esse sentimento dentro de mim, você fazia meu coração acelerar mais do que qualquer outra coisa, se eu tivesse a chance de falar contigo novamente, eu diria o quanto eu te amo, o quanto eu queria poder ter tido a oportunidade de ter te feito feliz e ter cuidado de você. Eu Te Amo, e sinto muitas saudades. 


 Texto: Mirela Oliveira

0 comentários:

Postar um comentário

 
TAMMY CEZARETTI - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | COPYRIGHT 2015 | DESENVOLVIMENTO :: Vinicius Ribeiro | Powered by Blogger | Imagens Flaticon